Pare de criar desculpas e comece a criar oportunidades!

Toda vez que preciso falar ou escrever sobre empreendedorismo, me vem à memória os muitos momentos em que tive que me reinventar para conquistar o que queria, planejava e sonhava.

Venho de uma família de classe média, graças a Deus sempre tive o suficiente para crescer e me desenvolver. Meus pais sempre correram atrás, abdicando muitas vezes de seu bem-estar para proporcionar uma boa educação para mim e minha irmã.

Sou filha de uma professora e de um administrador e, na minha casa, estudar nunca foi opção e sim obrigação. Mesmo com muita dificuldade, estudei em um colégio referência da minha região, mas não conseguia acompanhar os meus colegas. Como minha mãe viu que não conseguiria ser aprovada, fez minha inscrição para prova de seleção no colégio Tiradentes (na época era bem concorrido e a prova bem puxada). Então você quer dizer que sem nenhuma chance de ser aprovada no colégio, você foi fazer uma prova difícil e concorridíssima em um colégio militar? Sim, é isso mesmo! Porém, fiz a prova para o mesmo ano que eu já cursava no colégio, pois não conseguiria ser aprovada para o seguinte.

Ao relatar um pouco dessa experiência, conto para vocês que aos 11 anos de idade, vi minha mãe passar por cima da direção de uma escola conceituada, dizer que eu não tinha a menor condição de evoluir com meus colegas e me dizer que repetir o ano seria apenas um impulso para o meu desenvolvimento pessoal. Minha mãe poderia ter acatado a decisão da escola em me dar mais uma oportunidade de avançar. A escola sabia que não era “malandragem”, diziam que era apenas déficits de atenção, mas a decisão da minha mãe foi firme em não me dar essa desculpa.

Poderia ter aceitado isso como uma verdade na minha vida e ter desculpas para tudo de ruim que pudesse acontecer no futuro, mas, ao invés disso, ela me deu uma oportunidade de me dizer que eu era capaz de fazer a prova, ser aprovada e conseguir ser a estudante que sempre quis ser.

Parar de dar desculpas e criar oportunidades é um lema que carrego por toda minha vida. Não acredito muito em sorte. A sorte acontece? Sim, mas precisamos estar preparados para gerar oportunidades quando a mesma nos escolhe. Sou uma mulher de sorte, mas quanto mais eu estudo e trabalho, mais sorte eu tenho. Acredito mesmo em oportunidades abençoadas por Deus.

Criar desculpas nos faz fugir daquilo que sonhamos e planejamos um dia. Nos faz fugir de nossas responsabilidades. Quer exemplo de uma desculpa bem comum em nosso meio?

“Não posso trabalhar, pois não tenho ninguém para ficar com meus filhos” – uma grande parte do comércio hoje em dia é online. Sabia que de acordo com a 37a edição da pesquisa Webshoppers (2018), feita pela Ebit em parceria com a Elo, o faturamento do e-commerce em 2017, foi de R$ 47,7 bilhões? Isso representa 7,5% em relação a 2016, quando o setor registrou R$44,4 bi. Se o comércio eletrônico vem crescendo consideravelmente, então posso vender alguma coisa, estudar, ensinar, tudo através da internet.

O primeiro passo que deve despertar em você é o querer. É preciso coragem, vontade, garra e propósito para gerar oportunidades. Antes que você diga não tenho nada disso, saiba que isso é apenas mais uma desculpa para deixar de realizar seus sonhos.

Pais que realizam seus sonhos ou geram oportunidades para que eles se realizem, são mais felizes e geram filhos emocionalmente controlados e fortes, no sentido mais objetivo da palavra. Somos muito do que nossos pais são e nossos filhos serão muito mais do que nós somos.

Sabe aquela pergunta “O que você vai ser quando crescer?”. Mudando um pouco a perspectiva, olhe para você mesma e questione “o que eu quero ser quando crescer?”. Isso deve ser constante para reaprendermos a sonhar e gerar oportunidades.

O empreendedorismo nada mais é do que a geração de muitas oportunidades. Podemos agregar nosso conhecimento com nossas experiências profissionais e pessoais adquiridas ao longo dos anos e investir tempo e dedicação em tudo o que nos agrega para realização dos nossos planos.

Estamos iniciando o ano e teremos muitos momentos em que poderemos gerar grandes oportunidades. Basta querer fazer acontecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *